Campeonato Brasileiro 2012- Flamengo 1 x 1 Grêmio – Cai ou não cai?

Não é que houve uma evolução, mas à vontade demonstrada pelos jogadores em campo ontem, deu uma esperança para A MAIOR NAÇÃO HEXA DO MUNDO, que aplaudiu os jogadores no final da partida. O que nos sobra em ruindade, nos falta em sorte. Porque, se tivéssemos um pouco de sorte ontem, teríamos ganhado a partida. E olha que o time do Grêmio é infinitamente superior ao nosso.

Talvez venham dois reforços hoje, do Avaí: Cléber Santana e Renatão. Do jeito que as coisas estão, qualquer um é melhor dos que estão lá. Precisamos urgentemente alguém para o meio campo, que é o nosso maior problema. Domingo teremos um jogo dificílimo (preferia pegar o Barcelona), contra o Atlético-GO, que briga para sair do Z4. Nossa especialidade é perder para times desacreditados, e ainda por cima não teremos o Léo Moura (a que ponto chegamos).

Caso percamos esse jogo (é praticamente certo), teremos que jogar a vida contra o Atlético MG, que vai ter a rivalidade, por causa do Ronaldinho Gaúcho, que vai querer destruir o Flamengo, com toda razão. A torcida, está mais preocupada em xingá-lo, do que apoiar o time. Porque ninguém xinga a NEFASTA, que é a responsável direta pela situação que nos encontramos?

setembro 17th, 2012 by Iônio Freire | Sem Comentários »

Campeonato Brasileiro 2012- Santos 2 x 0 Flamengo- A caminho da zona de rebaixamento

Tudo foi por água abaixo em 2 minutos. E para o meu amigo Bernardo, aparecer por aqui, é porque a coisa ta feia mesmo. O time é muito ruim, graças a nossa presidente. Só que, junto à ruindade, tem uma grande dose de falta de sorte. O Vagner Love perde um gol feito, e no contra ataque, o Santos faz o primeiro gol. Isso abalou toda a estrutura psicológica do time, que em seguida tomou o segundo, numa bela jogada do Neymar, que estava apagado na partida.

Nenhum técnico do mundo dá jeito nesse time. O Guardiola, que está procurando um grande desafio para a sua carreira, poderia se apresentar pra mostrar do que é capaz. O time demonstrou raça, mas sem técnica nenhuma. Erraram passes ridículos. Mas o que mais me chamou atenção foi a péssima atuação do Léo Moura, que está andando em campo. Ele, como o jogador mais experiente do time, tem a obrigação de jogar bem, dando moral para a garotada, que demonstra muito nervosismo em campo.

Domingo vamos bater na porta da zona de rebaixamento, porque o primeiro do Z4, mesmo ganhado não alcançará a nossa pontuação. Grandes emoções nos esperam nessa partida.

A falta de uma legislação, que puna dirigentes dos clubes, fez do Flamengo, um porto seguro para dirigentes VAGABUNDOS, que usam o clube para almejar cargos políticos, e enriquecer com contratos que lesam os cofres. E ainda por cima deixam dívidas astronômicas, sem nenhuma responsabilidade. Estamos caminhando para um túnel sem saída.

setembro 13th, 2012 by Iônio Freire | 1 Comentário »

Mais uma!

Há muito tempo eu não dava as caras por aqui, mas confesso que falar mal do Flamengo sempre me atraiu muito mais do que falar bem. Até porque eu não sou de ficar bajulando esse bando de vagabundos que hoje em dia chamam por aí de “jogadores profissionais de futebol”.

Atualmente, parte dessa vagabundagem encontra-se no Clube de Regatas do Flamengo e hoje o jogo contra o Santos na Vila Belmiro deixou isso bem claro. O pessoal adora chamar o futebol de “profissional”, mas se eu tivesse como funcionários da minha empresa: Ibson, Léo Moura, Negueba, Luis Antônio, Wellinton, Ramon e Botinelli. Com certeza essa rapazeada já teria feito fila na porta do RH há muito tempo!

Com certeza esse é um dos piores times que já vi defendendo as cores do Flamengo. Faz frente com aquele que o Zico tentou armar em 2010.

E não adianta xingar a diretoria do clube. Isso é “mais do mesmo”, lugar comum. Com certeza a diretoria, encabeçada pela atual presidente é responsável direta por isso, mas o que dizer de um time que erra passe de 2m pro lado e que tem lá na frente um centroavante que a bola bate nele e volta? Que não consegue dominar uma bola e muito menos dar sequência a uma jogada?

Quer saber? Esse bando tem é que se arrebentar mesmo. De tão ruim, merece ficar marcado como o time que rebaixou o Flamengo pra Segunda Divisão!

Não gostou? Problema SEU!

Saudações rubro-negras.

setembro 13th, 2012 by Bernardo Portella | Sem Comentários »

Campeonato Brasileiro 2012- Coritiba 3 x 0 Flamengo- A caminho da sexta derrota

Nem o mais otimista dos torcedores, pensará que vamos ganhar do Santos (com Neymar), dentro da Vila Belmiro, com esse time. A coisa está feia, não temos o menor padrão de jogo, e para piorar, jogadores sem nenhuma qualidade técnica são os titulares dessa equipe. O que o Wellinton fez no segundo gol, é digno de ser mandado embora do clube, mas vai colocar quem no lugar dele?

Estamos em uma encruzilhada, não temos time e o banco de reservas é pior ainda. Uma substituição pode ser a pior coisa, porque quem é titular já é ruim, imaginem os reservas? O Dorival, pode fazer o que ele quiser que não vai conseguir melhorar nada. Não existe time bom, que não tenha alguém no meio campo, que arme as jogadas, e de passes para os atacantes. Alguém consegue ver quem faz isso no Flamengo?

É uma coisa triste de se falar, mas o Flamengo só será levado a sério pelos dirigentes e pelo conselho deliberativo, se cair para a segundona. Vide o exemplo do Corinthians. Esse negócio de torcedor fazer parte da diretoria, em troca de apoio político, destruiu o clube. São aproveitadores que estão lá só para sugar o que puder do clube (ingressos, cargos, uniformes, dinheiro, passagens…). Nenhum clube pode ser administrado dessa maneira.

Quando o Leonardo falou que o único jeito seria vender o clube e transforma-lo em uma empresa, os aproveitadores pularam, porque viram que seria o fim da “MAMATA”.

setembro 10th, 2012 by Iônio Freire | Sem Comentários »

Noite de Gala. Cruzeiro 1 x 3 Botafogo – Campeonato Brasileiro de 2012

Falar o que do jogo de ontem? Sério, o que? Confesso que não assisti ao vivo, digo, apenas até o primeiro gol da Raposa, depois de mais uma falha do inimaginável Fábio Ferreira. Fiquei assistindo a seriados variados…e entre um tiro aqui, uma piadinha ali, meu aparatos eletrônicos pipocavam de mensagens. Minha surpresa maior foi quando aconteceu uma gritaria inacreditável num bar próximo, parecia jogo do “co-irmão” .

Assistindo depois o jogo, mais calmo e já sabendo o resultado, da para observar melhor o time do O.O. e uma coisa ficou bem clara, quem comanda esse time com maestria é o Seedão. Não pelo jogo de ontem, onde ele fez de tudo, mas a forma como ele entende e vê o jogo é sensacional. Contra o Coxa, ganhamos de 2 x 0, mas corremos demais e passamos um sufoco incrível no segundo tempo sem a menor necessidade. Ontem foi diferente, bem diferente alias. Primeiro porque saímos atrás e segundo porque ontem tínhamos o craque em noite de CRAQUE. No primeiro turno a derrota para o Cruzeiro já havia sido uma aberração, mas ontem, posso afirmar que fomos a forra com requintes de crueldade.

No primeiro gol, jogada de Fellype Gabriel, que achou Seedão livre que marcou um belo gol chutando de primeira sem chances para o arqueiro Fábio. No segundo gol, jogada iniciada pelo capitão Seedão, com participação luxuosa de Fellype Gabriel novamente e gollll do capitão e fim do primeiro tempo. Dois a um de virada na “toca” da Raposa. Certo, agora vamos ao que interessa, o segundo tempo.

Pressão, pressão, pressão e Seedão só falando…”calma…calma…”! Parece piada isso, será mais do mesmo, dentro de minutos os caras vão virar o jogo e nova crise. E o capitão só na calma, calma. Eu não estava acreditando no que via (revia) a tranquilidade do cidadão impressiona mesmo. Mas num contra ataque, ele recebe a bola de Elkeson (putzzzzzz) e troca a calma pela “velocitaaaaa, velocitaaaa”, e com três toques ele não só bate o seu “marcador” (Leandro Guerreiro, oooo saudade que não tenho) como cruzou para o Jadson que fez o terceiro e acabou o jogo. Claro que o Cruzeiro chegou coisa e tal, mas o jogo estava definido.

Algumas surpresas boas como Gabriel e Jadson na marcação do meio campo, dando muito mais mobilidade e marcação que o Renato e Amaral (que graças a deus não jogou). Doria, esse garoto é bom, tem raça, disposição, e tranquilidade. Mas jogar ao lado do Fábio Ferreira é de lascar, mas ele, Fabio Ferreira, até que “cresce” (termo forte eu sei) quando joga sem o Antonio Carlos. Os laterais foram bem, Marcio Azevedo quase arranca a cabeça do desleal Souza, que mereceu aquela entrada. O juiz foi bem fraco como sempre, mas não atrapalhou. Bom, agora chega de falar e vamos clicar novamente no link e ver o show do Seedão, nosso capitão porque merece. E domingo, é hora de encher o Engenhão e fazer algo diferente, como uma sequencia de bons resultados até DEZEMBRO.

Francis Spike
twitter.com/fspike

FICHA TÉCNICA
CRUZEIRO 1 X 3 BOTAFOGO
Local: Estádio Independência, em Belo Horizonte (MG)
Data: 05 de setembro de 2012 (quarta-feira)
Horário: 22 horas (horário de Brasília)
Árbitro: Luiz Flávio de Oliveira (SP)
Assistentes: Altemir Hausmann (RS) e Rafael da Silva Alves (RS)
Cartões amarelos: Everton (Cruzeiro); Gabriel, Márcio Azevedo, Fábio Ferreira (Botafogo)
Gols: CRUZEIRO: Tinga, aos 19 minutos do primeiro tempo; BOTAFOGO: Seedorf, aos 34 e 35 minutos do primeiro tempo; Jadson, aos dez minutos do segundo tempo
CRUZEIRO: Fábio; Léo, Rafael Donato, Mateus e Everton; Leandro Guerreiro, Sandro Silva (Wellington Paulista), Tinga e Souza (William Magrão); Wallyson (Élber) e Borges
Técnico: Celso Roth
BOTAFOGO: Renan, Lucas, Fábio Ferreira, Dória e Márcio Azevedo (Gilberto); Jadson, Gabriel, Seedorf, Andrezinho e Fellype Gabriel (William) (Brinner); Elkeson
Técnico: Oswaldo de Oliveira

setembro 6th, 2012 by Francis Spike | 1 Comentário »

Campeonato Brasileiro 2012- Flamengo 0 x 1 Ponte Preta – O pior time da história do clube

Essa gestão, vai ficar marcada para sempre na história do clube, de forma negativa. Até hoje, a pior gestão tinha sido a do Edmundo Santos Silva, que roubou milhões com o contrato feito com a ISL ( empresa que deu dinheiro para: João Havelange e Ricardo Teixeira), chegando até a ser preso pela Polícia Federal. Só que tem uma diferença entre as gestões: A do Edmundo,mesmo sendo nociva para as contas do clube, formou um time vencedor, fato que amenizou as falcatruas. Já a da NEFASTA, destruiu os cofres do clube, e formou um time que não consegue nem ganhar dos últimos colocados.

Mas não podemos só colocar a culpa na NEFASTA. Temos que culpar também quem votou nela. Quero ver agora, se ela vai se eleger como vereadora, depois de descobrirem que ela cometeu NEPOTISMO, na câmara de vereadores ( ela em comparação com os outros vereadores é uma santa), nomeando parentes e integrantes da torcida Jovem Fla ( Capitão Léo).

Quanto ao jogo, foi a mesma coisa dos outros jogos, nenhum esquema tático, erros de passes e deficiência técnica de todos os jogadores. O pior é ter de ouvir de alguns idiotas, que o time vai melhorar com a volta do Adriano. Como alguém pode esperar algo dele, depois de tudo o que ele tem feito com a sua própria vida, jogando fora tudo o que conquistou dentro de campo.

Domingo é contra o Coritiba lá, e tem a estreia do Deivid. Então já podemos computar 1 x 0 para o Coritiba no mínimo, porque a derrota é certa.

setembro 6th, 2012 by Iônio Freire | Sem Comentários »

Campeonato Brasileiro 2012 Internacional RS 4 x 1 Flamengo- Votem Na Patrícia Amorim!

Quando o Pelé falou que brasileiro não sabe votar, todo mundo caiu de pau em cima do negão. Mas, nada como o tempo para ver quem estava certo. O mesmo serve para os sócios( patrimoniais) do Flamengo. No embalo da candidatura da Dilma, a NEFASTA , espertamente aproveitou o embalo e a mesma deficiência que o povo brasileiro tem, quando fica de frente para uma urna, e elegeu-se presidente do Flamengo.

Eu gostaria de saber, o que pensam esses sócios hoje, depois que o clube foi destruído pela NEFASTA? As pessoas aqui votam por modismo, simpatia,e interesses pessoais, não por convicção no candidato. Agora que a casa está destruída, estão se mobilizando para tentar estancar a sangria.

Seja lá quem ganhe essa eleição, vai pegar um abacaxi: Dívida com R10 ( R$40 Mi), montar um novo time sem dinheiro, acabar o Ninho do Urubu, e outros passivos dos quais nem temos conhecimento. O pior de tudo, é que está arriscado a votarem nela novamente.

Quanto ao time, não podemos exigir nada de mais, porque não temos jogadores para isso. Ontem, não tínhamos meio campo, o ataque tinha dois garotos, que não são craques para resolver. Tanto que até hoje não fizeram um golzinho sequer. E também não adianta colocar a culpa no técnico, e muito menos trocá-lo, porque os jogadores serão os mesmos.

A primeira coisa a ser feita, é tirá-la da presidência e começar tudo novamente. Apesar disso não influenciar em nada na minha vida, fica um sentimento de raiva, ao ver um clube que já me deu tantas alegrias, ser comandado por um TRICOLOR ( marido dela), e ter o apoio de facções (bandidos) de torcida organizada, que vivem a custa do clube (sanguessugas).

setembro 3rd, 2012 by Iônio Freire | Sem Comentários »

Atropelamento? Não, não, apenas um “acidente”. São Paulo 4 x 0 Botafogo – Campeonato Brasileiro 2012

Falar o que do jogo de ontem? O resultado foi incontestável. Logico que se o juizão marca o pênalti no “Seedinho”, claro que o resultado seria diferente. Acho que seria 4×1. Mas tudo bem, não temos objetivos maiores a não ser permanecer na primeira divisão, o que na boa, está bom demais para um time que não teve o mínimo planejamento e não tem ataque nem atacantes.

Acredito que ficaremos por ai, decimo, decimo primeiro…Está ótimo. O mercado está sendo mapeado, e para 2014, teremos um time bem forte, brigando por alguma coisa, uma vaga na sul americana com certeza. Fico muito feliz com isso. Ontem entendemos porque os meninos da base não são lançados nunca. É para não queima-los. Afinal tomar uma porradinha dessas não é para garotos. Ontem parecia um time de adultos contra um time de crianças que não sabem jogar bola. Impressionante. Não que o tricolor paulista seja um super time, longe, mas muito longe disso, mas disposição eles tiveram, e muita. Como disse o Jeferson, o time não teve brios, vontade, raça, nada. Mas um time não é o espelho do seu técnico? Então como cobrar essas coisas? Incoerente, no mínimo.

Enfim, espero que a diretoria não contrate ninguém, POR FAVOR. Deixem como está. Não demitam o Anderson Barros, o Oswaldo nem contratem zagueiros nem atacantes, é serio. Afinal de contas vocês conseguiram achar o LENNON, O LIMA E O AMARAL, logo…deixa como esta…
Tem horas que até para ser sarcástico é difícil…e olha que a pedra do planejamento foi cantada a muito tempo, mas muito mesmo. Paciência…digo…falta de paciência é o que precisamos nesse momento. Atitude e “sangue nos olhos”. Fora isso, é assistir a seriados, filmes e afins na hora do jogo do Glorioso se nada for feito. E nada será feito, é claro.

Francis Spike
twitter.com/fspike

FICHA TÉCNICA
SÃO PAULO X BOTAFOGO
Local: Estádio do Morumbi, em São Paulo (SP)
Data: 30 de agosto de 2012, quinta-feira
Horário: 21h (de Brasília)
Árbitro: Jean Pierre Gonçalves (RS)
Assistentes: Carlos Berkenbrock (Fifa-SC) e Fábio Pereira (TO)
Cartões amarelos: Luis Fabiano (São Paulo); Amaral (Botafogo)
Público: 15.576 pagantes
Renda: R$ 204.628,88
GOLS: São Paulo – Luis Fabiano, aos 5 minutos do primeiro tempo. Osvaldo, aos 13, Lucas, aos 15, e Cícero, aos 45 do segundo tempo.
SÃO PAULO: Rogério Ceni; Douglas, Rafael Toloi, Rhodolfo e Cortez; Paulo Assunção (Osvaldo), Denilson, Maicon (Wellington) e Jadson; Lucas e Luis Fabiano (Cícero)
Técnico: Ney Franco
BOTAFOGO: Jefferson; Lennon (Gabriel), Brinner, Fábio Ferreira e Márcio Azevedo; Amaral, Renato, Seedorf (Jéferson), Cidinho (Willian) e Lodeiro; Elkeson
Técnico: Oswaldo de Oliveira

agosto 31st, 2012 by Francis Spike | Sem Comentários »

Flamengo 0 x 0 Botafogo – Minhas impressões sobre o clássico!

Dureza esses dois!

Instigado por boas conversas com o lendário, histórico, mitológico colunista desse Blog, o carrancudo mais engraçado que eu conheço, nosso querido Bernardo Portella e pela habitual troca de alfinetadas com nosso mentor Carlos Alberto Ferreira, senti falta dos debates fervorosos onde nos ofendíamos em semana de clássico, oh tempo bom! Então, resolvi vir aqui para matar as saudades e quero fazer isso regularmente agora!

Mas vamos ao clássico. O chato clássico carioca me deu um novo ídolo: Oswaldo de Oliveira. Espera aí não é gente? O cara é um astro do banco de reservas, quase um Sir. Alex Ferguson alvinegro. Imagino a situação do cara, o Botafogo está em sétimo, muito pela genialidade desse treinador, porque você olhar para a defesa e ver na lateral direita o tal Lucas, nossa senhora, esse cara foi pegar um rebote de primeira na entrada da área deu uma “pixotada” na “orelha” da bola que foi “lançada” com “maestria” à ponta direita, muito ruim mesmo. Poxa, mas aí ele olha para a quarta zaga e vê o Antonio Carlos, menos mal! Mas, além de tudo o Botafogo é um time azarado, azar, azar, azar demais e o cara se machuca. Aí, sai de uma eliminação e tem que encarar um clássico com o bicho papão do futebol carioca jogando com Fábio Ferreira, que tem um futebol tão ridículo quanto seu cabelo, e Brinner ( Queeennnnnnnnnn??????) Na esquerda tem o coalhada… Pô, na boa, esse cara é um gênio, qualquer outro nesse comando e esse time estaria ali oh, entre o Sport e o Figueirense. Para se ter uma idéia os caras não acertaram um chute no gol.

Por outro lado, o lado bisonho da história, o Flamengo mostrou mais uma vez uma consistência defensiva invejável, e uma falta de imaginação tão grande quanto a segurança lá atrás. O primeiro tempo foi de estudo, de pensar em como vencer a marcação do Botafogo, e a conclusão era bem simples, o laterral direito do Botafogo levou o amarelo por um bico criminoso no menino Thomás, que arisco como só, também amarelou o zagueiro pelo lado direito, o tal Brinner que chegou atrasado e não achou o moleque. O único que destoava no time do Flamengo era o seu Ibson, que fase hein companheiro? Até o Welinton estava bem, captaram a gravidade dessa frase? Aí o que deveria ser feito, Dorival meu querido, tirasse a porcaria do Ibson, plantasse o Adryan pela meia esquerda e continuasse com o Thomás aberto na ponta, você iria chamar o Ramon para subir pela avenida Lucas triangulando com Thomás e Adryan e iríamos ganhar o jogo fácil. Mas o que vc fez? Tirou o mais agudo atacante do primeiro tempo, aí não dá né? Mesmo assim, quase marcamos algumas vezes, como em cabeçada de Welinton que o bom Jéferson salvou e uma bola no travessão no fim da partida.

Resultado, deixamos dois pontos para trás que nos farão falta. Quero destacar a atuação defensiva, primeiro do Cáceres, está numa fase exuberante, tem um tempo de bola perfeito, ele não toma um drible. Gonzáles, que parece muito mais à vontade e até o Welinton, que foi bem dessa vez. acho que o time é esse aí para a sequência, fora o Ibson, coloca qualquer um aí Dorival, mas tira o Ibson, pelo amor de Deus, coloca o Muralha e solta mais o Luiz Antônio, fica a dica. Falta o tal camisa 10, porque com a entrada do Imperador no time, o Love vai jogar na vaga do Negueba e vamos manter o Thomás na esquerda, uma máquina sem maquinista, aquele cara para ditar o ritmo ali, e pelo que parece, só ano que vem!

Fui!

agosto 27th, 2012 by Diego Fernandes | Sem Comentários »

Vasco da Gama, 114 anos de belas histórias

Hoje é dia de comemorar mais um aniversário do Clube de Regatas Vasco da Gama. O clube que é Tetra Campeão Brasileiro, Campeão da libertadores, da Copa do Brasil e tantas vezes campeão estadual. O Gigante da Colina foi o primeiro clube a aceitar negros no futebol e dito pelo próprio Rei Pelé … “Se não fosse o Vasco, o Edson não seria Pelé”.

Parabéns a todos os vascaínos que vibram, cantam e nunca deixam o sentimento parar. Parabéns a todos os antigos atletas e aos atletas atuais, pois são os grandes responsáveis pela bela história de conquistas do Clube de Regatas Vasco da Gama ;-)

Saudações vascaínas.
Gustavo Loureiro

agosto 21st, 2012 by Gustavo Loureiro | Sem Comentários »

Página 30 de 431« Primeira...1020...2829303132...4050607080...Última »