Relembre bons momentos do Ronaldinho Gaúcho

Alguns amigos tricolores ainda estão reticentes com a contratação do Ronaldinho Gaúcho. Pois bem, fiz uma pesquisa no Youtube para eles e achei um vídeo incrível com alguns momentos do nosso novo camisa 10. Lembrando que quem sabe jogar bola jamais esquece, mas quem é perna de pau, continua assim pra sempre!

Pesquisei também por momentos inesquecíveis do Diguinho, Wagner, Martinuccio, Equi González, Rhainer, Ciel e outros e não achei nada. Então vamos curtir um craque de bola jogando no nosso time e deixem de ser chatos!

julho 12th, 2015 by Carlos Alberto | Sem Comentários »

É tempo de R10! O Ronaldinho é Tricolor!

Amigos tricolores!

Que sábado iluminado, hein? Depois de estar 90% fechado com o Vasco, o Ronaldinho Gaúcho, melhor jogador do mundo em 2004 e 2005, é o novo camisa 1o do Fluminense. Golaço de placa da diretoria do Fluminense, em especial o Mario Bittencourt e Fernando de Simone. Conduziram tudo com profissionalismo e sigilo, sem fanfarronice nenhuma, como deve ser feito.

Ronaldinho Gaúcho

Relembrando

Com a saída da Unimed, muita gente afirmou que o Fluminense iria acabar, que ficaria mal das pernas, contrair dívidas, perder grandes jogadores etc. Vamos por partes! Perdemos sim grandes jogadores como o Cícero, Sóbis e Conca, mas, por outro lado, rapidamente conseguimos dois novos patrocinadores, a Viton 44 e a Frescatto. Posteriormente, a Voxx. Isso ajudou a colocar as contas em dia e honrar os compromissos com o elenco. A manutenção do Fred e do Cavalieri foi determinante para manter o time competitivo.

$$$$$

O dinheiro da venda do Kennedy e a grana que o Barcelona pagou pela prioridade de compra do Gerson, ajudaram também a  colocar ordem na casa. E o mais importante: as dispensas do Martinuccio e do Wagner abriram um belo espaço na folha salarial. Pois bem, o Fluminense continua fortíssimo e mexendo com o mercado, como nos velhos tempos do Dr. Celso Barros, só que agora, sem a ingerência dele.

Quem diria há sete meses atrás que o Fluminense seria capaz de fazer uma contratação desse porte?

Ronaldinho Gaúcho é nosso!

R10 dispensa apresentações. Já foi duas vezes melhor do mundo, campeoníssimo por onde passou, um dos 30 maiores jogadores de todos os tempos fácil e vai jogar numa posição carente no elenco do Fluminense. É uma aposta? Claro que é, mas só ganha quem aposta, amigos. Também tem o fato de ter sido outra pernada no Eurico Miranda, a terceira recente. Primeiro ele perdeu o lado direito das arquibancadas, depois tentou jogo com uma torcida só e agora, depois de estar 90% fechado com o Vasco, o Ronaldinho é Tricolor…

E no campo?

Ronaldinho também supre algumas carências importantes no elenco, como a qualidade nas bolas paradas e os lançamentos e enfiadas de bola. Ele terá na sua dianteira os velozes Osvaldo, recém contratado, Gérson ou o Marcos Júnior, dependendo do esquema utilizado. Além do Fred, é claro! Bolas de qualidade para o nosso capitão, normalmente, resultam em gol. O futuro é promissor em campo. Bola o R10 tem pra caramba, o ideal é deixa-lo motivado! Vale lembrar que ele nunca ganhou o Campeonato Brasileiro…

E fora do campo?

O que dizem no mercado é que Ronaldinho não sai da noite, gosta de curtir mesmo. Festa é com ele! Eu penso o seguinte: e quem não gosta de curtir e festejar? Mas desde que isso não atrapalhe no rendimento, está tudo certo. Um ponto positivo é que o Fluminense não faz mais concentração, será que foi esse o fator determinante? Sei lá… Já falaram também que ele é meio desagregador de elenco. Não sei ao certo, mas vocês devem saber bem que o “dono” do Fluminense é o Fred e isso não vai mudar. Tomara que não tenhamos uma guerra de egos entre os dois. Essa é a minha maior preocupação.

Só vem o Gaúcho?

Segundo as parcas informações que circulam por aí, mais dois jogadores podem pintar: Wellington Paulista e o Marquinho, aquele mesmo que nos salvou do rebaixamento com um gol de falta contra o Coritiba. O primeiro não me empolga, mas sei a importância para a posição de reserva do Fred. O segundo escolhe camisa! Eu colocaria na lateral esquerda, que é nossa posição mais carente…

Trocando em miúdos

O resultado é que o nome do Fluminense circulou o mundo com essa contratação, os nossos patrocinadores devem estar rindo de orelha a orelha. Já valeu a pena!

E quem torce contra?

Deve estar difícil a vida…

Dor de cotovelo

Sobrou até para o Vasco no vídeo de apresentação… que fase.

 

Bem-vindo, Ronaldinho Gaúcho #R10noFLU
Welcome, Ronaldinho Gaúcho #R10noFLU

Posted by Fluminense Football Club on Sábado, 11 de julho de 2015

 

julho 12th, 2015 by Carlos Alberto | Sem Comentários »

Um time de Guerreiros que vive se renovando

Amigos tricolores!

Tá, estou escrevendo essas palavras atrasado, mas são importantes… Falarei rapidamente sobre o jogo Fluminense 1 x 0 Cruzeiro.

Não sei se já falei antes, mas sou sócio do Fluminense e, por conta disso, pago R$ 10 a mais e tenho direito a ir em todos os jogos com mando nosso. Para isso, basta entrar num site e confirmar a presença no jogo. Como isso facilita a vida… No meu caso, já fiz até o jogo contra o Vasco. Vale muito a pena, podem confiar. Daí fica a lição de que me planejei antes e isso facilitou demais a minha ida para o Maracanã. Saí umas 20h10 do Leblon e cheguei lá com o jogo recém começado. Nada mal, né?

Eu, Xandão e Tião no Maracanã

Eu, Xandão e Tião no Maracanã

E o que vi do jogo

Vi um Fluminense guerreiro em campo, como nós nos acostumamos a ver nos últimos anos. Se faltou um pouco de qualidade técnica em alguns momentos, sobrou raça e disposição durante toda a partida. Teve bastante movimentação e isso foi muito bom. Nossa defesa foi bastante firme durante a partida, parece que a dupla Antonio Carlos e Gum começaram a se acertar. Isso é ótimo!

Os jovens do Fluminense, Gustavo Scarpa, Gérson e Marcos Júnior, deram muita velocidade ao time. Pena que o Gérson não se entrega ao jogo como deveria, a cabeça dele parece estar no Barcelona e o corpo não se engaja nos jogos do Flu… Marcos Júnior evolui demais do ano passado para esse ano, parece mais maduro, mais centrado e mais eficiente. O Scarpa foi uma grata surpresa neste jogo, volto a ele daqui a pouco.

Ao todo, o Fluminense finalizou 13 vezes e o Cruzeiro 4, só isso já mostra que tivemos um volume de jogo muito maior que o adversário. Por exemplo: Gum cabeceou na trave, Fred acertou um belíssimo voleio e Marcos Júnior quase fez de gol de carrinho após belo passe do Gérson.

Aos 28 minutos do segundo tempo, Gustavo Scarpa marcou o gol da vitória tricolor. Pasmem os senhores, com jogada ensaiada!!!! O Jean rolou a bola e o Scarpa mandou uma pancada, sem chance para o Fábio. O garoto mostrou muita disposição ao longo do jogo e tomou conta do meio de campo, ele ainda tem muito a evoluir, mas se continuar nessa toada, tem tudo para brilhar muito!

Gustavo Scarpa

Gustavo Scarpa

Preciso ressaltar o papel de líder e ídolo que o Fred tem no elenco Tricolor. Qualquer erro de algum dos garotos de Xerém, ele aplaudia e chamava a torcida para apoiar o garoto. Isso mostra um conhecimento enorme dele com a torcida do Fluminense, que é extremamente impaciente com quem vem das categorias de base. Essa força do Fred é importantíssima para ajudar no desenvolvimento da garotada. Nota mil!

Com essa vitória, o Fluminense chegou ao segundo lugar e começa a marcar presença no bolo principal. Dá pra sonhar com coisa boa! Vamos que vamos, com o pé no chão e mantendo a disposição.

E que show deu a torcida do Fluminense, hein? Ao total, 16.391 torcedores marcaram presença no Maracanã, sendo 14.339 os pagantes. Não paramos de cantar nenhum minuto e fizemos a diferença! Que mais pessoas venham ao estádio, está bacana demais.

 

Vamos rir?

NARRAÇÃO DA DEPRESSÃO

AÍ SEUS WELLINGTON MONTEIRO, ESTA AÍ MAIS UMA NARRAÇÃO MÍTICA SUPREMA, ATÉ VINHETA ESCROTA E OS CARALHO FEITA PELO NO EDITOR FILHO DO GUM TEM, SEGURA NÓS QUE TAMO OZADO, ESPERO QUE GOSTEM, SE NÃO GOSTAR CRITICA NÓS AÍ NOS COMENTÁRIOS PARA MELHORARMOS PARA A PRÓXIMA, TAMO JUNTO!

Posted by Fluminense da Depressão on Sexta, 10 de julho de 2015

julho 12th, 2015 by Carlos Alberto | Sem Comentários »

A bola pune – Parte II – Vasco 0 x 4 São Paulo – 12a. rodada – Campeonato Brasileiro 2015

Estamos em uma situação delicada. Temos a pior defesa do campeonato e um ataque pouquíssimo produtivo. Enfrentaríamos o pior São Paulo da temporada. Sim, o pior. Jogadores sem receber em dia; o técnico colombiano Osório contestado diante dos poucos resultados em um curto período de trabalho; Rogério Ceni retardando a aposentadoria (basta ver a quantidade de falhas que ele cometeu recentemente); Pato sem clima e supostamente negociado com a Europa, após colocar o próprio clube paulista (junto com o Corinthians) na justiça para cobrar valores atrasados; Michel Bastos também sem clima após xingar o técnico por ter sido substituído; Rodrigo Caio voltando da Europa após não fechar com time espanhol; e, por último, mas não menos importante: com as importantes baixas de Souza e Denílson, bons volantes e que saiam bem para o jogo, vendidos para o exterior. Ou seja, se estamos em crise, diante da má-fase técnica, o time que enfrentaríamos também estava e por muitos fatores. Diferentemente do São Paulo de 2006 a 2008, de quem quase sempre apanhávamos diante da diferença técnica gritante entre os elencos, ontem, tínhamos reais chances de vencer este São Paulo, tão em crise quanto nós.

À exceção de Rogério Ceni (se comparado com Charles, é claro, pois diante de Martín Silva, não há o que discutir), Michel Bastos, Pato e Ganso (ainda sim, esses últimos oscilando muito – muito mais respeitados pelo passado do que pelo presente), o restante do time que entrou em campo ontem não tem nada de superior ao nosso no papel.

Roth escalou um esquema com três volantes para que o estreante Andrezinho pudesse atuar na criação sem muita responsabilidade de marcação e para facilitar a transição da bola da defesa para o ataque (já que Lucas, que tem bom passe, foi colocado como primeiro volante, Guiñazu e Serginho à sua frente e Andrezinho mais adiante, fechando assim um losango). Mas Roth não contava que com 20 minutos de jogo, Lucas, Rodrigo, Serginho e Anderson Salles falhassem ridiculamente para os padrões de jogadores profissionais (e diga-se de passagem bem remunerados pra isso) e contribuíssem para o fraco São Paulo da noite de ontem abrir 2 x 0 no placar.

Como tem sido uma constante no time do Vasco nesse Brasileiro, “sair atrás no placar = time desmoronar (psicologicamente) em campo” e com o 2×0 de desvantagem, graças à falhas individuais, não foi diferente. Roth agiu e tirou Lucas ainda no primeiro tempo, pouco depois do segundo gol, desfazendo o pensado inicialmente. Rafael Silva entrou.

Com mais um atacante, o time subiu de produção. O Vasco começou a criar. Gilberto e GUIÑAZU (sim! ele chutou!) arriscaram chutes de fora da área. Depois Andrezinho e Rafael Silva obrigaram Rogério Ceni a trabalhar. Ficava a impressão de que o Vasco poderia diminuir o placar antes do intervalo, mas não foi o que aconteceu.

No segundo tempo, logo no início, Centurión recebeu passe e pedalou até enjoar pra cima de Rodrigo, que nada fez. Resolveu então chutar. Charles, como sempre, espalmou atabalhoado e Wesley só empurrou pro gol vazio. Vasco 0 x 3 São Paulo.

Depois de tomar o terceiro, o Vasco resolveu jogar tudo que não havia jogado até o momento nesse Campeonato Brasileiro. Riascos perdeu três chances claríssimas (cara a cara com Rogério Ceni, sem que ninguém o atrapalhasse na hora da conclusão da jogada), que Romário, Edmundo, e até mesmo Leandro Amaral, não perderiam. Mas era o Riascos, e que ainda por cima estava numa noite “a la Gilberto” (perdendo todas as oportunidades que tem)… Andrezinho também perdeu uma chance absurda, que Rafael Tolói salvou em cima da linha.

Já no fim do jogo (quando a fase não é boa, nem a sorte ajuda)… Centurión chutou, Charles espalmou sem saber como, a bola bateu em Boschilia e entrou. Vasco 0 x 4 São Paulo.

A se destacar no segundo tempo: a boa entrada de Thalles (no lugar do realista Gilberto – “Tenho que melhorar, cara. Não posso mais continuar nessa situação de não fazer gol. Tenho de ajudar o Vasco. As coisas não estão acontecendo.“) e a péssima reestreia de Éder Luis (no lugar de Riascos). O “Chico Bento da Colina” precisa de mais tempo de bola/treino. Muito mal em campo.

Estamos na 12a. rodada do Campeonato de 38 com 9 pontos. Uma simples vitória na próxima rodada, fora de casa, contra o Grêmio, não nos tira momentaneamente da zona de rebaixamento. Hoje o Internacional, primeiro fora do Z-4, tem 13 pontos.

Em 2008 e 2013, nessa mesma época tínhamos mais pontos do que atualmente e não conseguimos escapar. O Vasco precisa engatar uma sequência de vitórias urgente. Celso Roth até o momento tem 50% de aproveitamento, duas vitórias e duas derrotas. Com esse aproveitamento desde o início da competição não estaríamos na posição atual.

Os jogadores precisam entender a situação e não desperdiçar tantas chances claras, nem de pontuar contra adversários possíveis de serem batidos. Caso contrário, a situação vai chegar num ponto insustentável e que não chegaremos ao final do campeonato ainda respirando, pois a bola SEMPRE pune.

Fonte: Flicker oficial do Vasco

Fonte: Flicker oficial do Vasco

julho 9th, 2015 by Igor Serrano | Sem Comentários »

O futebol brasileiro agonizando

Amigos de todas as torcidas. Há 1 ano atrás, neste exato 8 de julho, vivíamos o momento mais triste e sombrio da história do futebol brasileiro. A seleção mais vitoriosa de todos os tempos, com CINCO títulos mundiais, foi humilhada em casa pela Alemanha com acachapantes 7 x 1. Não dá para analisar apenas pela ótica desse jogo, isso seria um erro, a grande verdade é que o futebol evoluiu e o Brasil parou no tempo. Antigamente discutíamos uns dois jogadores por posição na seleção, mas hoje temos esses que vão e fim. Os craques sumiram! Nossos técnicos são atrasados, arrogantes e demonstram um desinteresse absurdo. Nossos cartolas são corruptos, vide o ex-presidente da CBF que está preso na Suíça, e prezam pelo atraso.

Falando em atraso…

O clássico Fluminense x Vasco será realizado no próximo dia 17 de julho, no estádio do Maracanã. Até aí tudo bem, é o primeiro clássico dos dois clubes na primeira divisão depois do segundo rebaixamento cruzmaltino e da volta do Eurico Miranda ao poder. Aí mora todo o problema. Vamos aos fatos:

Desde a inauguração do Maracanã, a torcida do Vasco sempre ficou ao lado direito das cabines de rádio e TV, em todos os clássicos, enquanto os torcedores do Flamengo sempre se posicionaram à esquerda. O Vasco teve o direito de escolha do lado que a torcida ficaria porque foi o primeiro campeão da era do Maracanã, no campeonato estadual de 1950. Os torcedores do Fluminense e Botafogo precisavam trocar de setor (lado) dependendo do adversário. Quando o jogo era Flu x Vasco, a torcida tricolor ficava à esquerda.

Mas…

Após a reforma do Maracanã e sua concessão para a iniciativa privada, em 2013, o Fluminense foi o primeiro clube a assinar contrato de exclusividade com o consórcio que administra o estádio. Neste contrato, assegurou, entre outras garantias, que sua torcida sempre fique ao lado direito das cabine. O Vasco sempre contestou o fim da tradição, mas já enfrentou por três vezes o Flu com sua torcida ficando à esquerda. O Fluminense conseguiu organizar seu programa de sócios torcedores, que sabem onde entrar no estádio em qualquer jogo do campeonato. Fim.

Trocando em miúdos…

Antigamente o Maracanã era administrado pelo governo do estado do Rio de Janeiro, através da Suderj. Quem lembra dessa época sombria? Denúncias de ingressos doados para aliados políticos, escoados para cambistas, rendas totalmente questionáveis etc., etc., etc… O antigo estádio não existe mais. Hoje temos uma arena moderna, totalmente reformada e administrada pela iniciativa privada. Tudo está diferente e incomoda os retrógrados de plantão, por exemplo, o presidente em exercício do Vasco, que se acha dono do clube e não respeita contratos… O Eurico Miranda abusa da inteligência da torcida do Vasco, o clube está mal, o time está péssimo, sem grana, cheio de problemas e qual o foco? Uma guerra de bastidores por lugar no estádio. É um povo que gosta de ser enganado. Cadê o dinheiro do Nations Bank? Isso ninguém se preocupa, né?

Mas as mentiras estão caindo aos poucos

O Grupamento Especial de Policiamento de Estádios (Gepe) assegura que não emitiu qualquer recomendação para que o Fluminense x Vasco do dia 19 de julho, pelo Campeonato Brasileiro, seja realizado com torcida única.

 

O fato que fica para a história

Em 65 anos de história do Maracanã, é a primeira vez que o estádio terá um jogo com torcida única.

 

Torcida do Fluminense no Maracanã

Torcida do Fluminense no Maracanã

 

******* Os administradores do Maracanã soltaram uma nota lamentando a decisão *******

 

O Maracanã recebeu com extrema preocupação e tristeza a notícia de que a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) teria decidido que o clássico Fluminense x Vasco, programado para o próximo dia 19/07 no Maracanã, seria realizado, obrigatoriamente, apenas com torcedores tricolores no estádio.

Extrema preocupação por diversos motivos: i) as vendas do clássico já foram abertas para ambas as torcidas; ii) o Maracanã tem em todos os seus jogos seis setores mistos (Maracanã Mais, Oeste Inferior, Leste Inferior, Leste Superior, Camarotes e Cativas); iii) abriria-se um perigoso precedente contra um direito básico do torcedor; iv) notadamente problemas de violência acontecem fora do estádio, e tal medida seria absolutamente inócua em termos práticos.

Extrema tristeza porque tal determinação seria um enorme e injustificado retrocesso, além de um claro estímulo ao acirramento dos ânimos. A possibilidade de realizar o vergonhoso primeiro jogo de torcida única, em 65 anos de existência do Maracanã, seria uma ofensa ao espetáculo e à torcida carioca. Seria um incentivo à brutalização do futebol, justamente na cidade onde o convívio das torcidas nos setores mistos é um exemplo para todo o país.

O Maracanã acredita que o momento é de reconstrução do futebol brasileiro, de resgate do interesse do público, de estímulo à rivalidade sadia, de iniciativas de torcidas mistas, de atração de famílias e crianças às arquibancadas, de valorização do espetáculo e da festa.

Esperamos que esta lamentável notícia não seja confirmada e que possamos, como fazemos em todos os jogos, desde o início de nossas operações, receber com segurança torcedores de ambos os clubes. Torcida única no Maracanã seria mais uma derrota humilhante para o futebol brasileiro.

Concessionária Maracanã

 

Parabéns Confederação Brasileira de Futebol e parabéns Federação do Rio de Janeiro! Com vocês no poder e tomando decisões esdruxulas assim, nosso futebol nunca vai sair da lama e o 7 x 1 continuará nos pairando como um fantasma.

 

******* Atualização *******

O Ministério Público do Rio de Janeiro, na figura do Promotor Marcos Kac, emitiu uma recomendação de que os dois jogos Fluminense x Vasco sejam com duas torcidas e, baseado nisso, a CBF voltou atrás e mudou tudo. Na verdade, a CBF ficou com receio de ter de enfrentar um processo… Então, ficamos assim: torcida do Vasco do lado esquerdo e a torcida do Fluzão do lado direito. Fim. Chora mais, Eurico…

http://globoesporte.globo.com/blogs/especial-blog/bastidores-fc/post/por-recomendacao-do-mp-rj-cbf-volta-atras-e-revoga-classico-com-torcida-unica.html

julho 8th, 2015 by Carlos Alberto | 1 Comentário »

Hoje tem Guerrero!

O que será do Flamengo hoje com Guerrero? Realmente é muito pouco para um time sem identidade em campo. Como torcedor,sempre estamos com a expectativa de vitória,mas quando vemos a tabela, não conseguimos acreditar muito. Mas, de qualquer jeito, vamos ver no que vai dar?

a1

julho 8th, 2015 by Iônio Freire | Sem Comentários »

Não deixe o Pop Bola morrer, não deixe o Pop Bola acabar!

Amigos e amigas do Blogols, hoje não estou aqui para falar do do Gigante da Colina, mas ajudar a divulgar a campanha de crowdfunding do Pop Bola.

Acredito que a maioria dos leitores do Blogols conhecem o irreverente programa que, faça chuva ou faça sol, seja na TV, no rádio, ou no teatro/stand up (Talk Show de Bola), se mantém vivo, divertindo e informando gerações de cariocas há 13 anos.

Para os que não conhecem, o time é formado por Alexandre Araújo, Alexandre Tavares, Alex Calheiros, Lopes Maravilha e  Toni Platão. Recentemente os caras não conseguiram resistir à crise que assola boa parte do jornalismo (e demais setores) no Brasil e deixaram o dial carioca. Diante deste baque e em respeito à grande massa de fiéis admiradores do programa (do qual faço parte), resolveram mais uma vez se reinventar. Enquanto permanecem em negociações com outras emissoras, decidiram que o Pop Bola não pode deixar de existir jamais! Faça chuva ou faça sol, estando a economia bem ou mal, decidiram que o programa deve estar lá para saciar sua legião de fãs, ávidos pelo humor com futebol peculiar da galera. E daí surgiu o projeto Pop Bola Web Rádio. Mas, para isso, eles precisam da nossa ajuda e abriram uma campanha de arrecadação, o famoso crowdfunding (“vaquinha virtual”), no site Kickante. Eu já fiz a minha contribuição. Vamos ajudar?

http://www.kickante.com.br/campanhas/socio-popular-pop-bola

Calheiros, Toni, Tavares, Araújo e Lopes. Patrimônio do futebol (e humor) carioca.

julho 7th, 2015 by Igor Serrano | 1 Comentário »

Sem esperança de dias melhores

Com essa derrota, a esperança de alguma melhora chega ao fim. Tudo que foi feito:Contratações,mudança de técnico, não surtiram efeito positivo. Os próximos dois jogos, não terão bons resultados. Se conseguir fazer um ponto, já se de por satisfeito (Internacional F e Corinthians C). Fora toda essa mediocridade futebolística,os dirigentes ainda fizeram um acordo, na contratação do Guerrero, onde ele não poderá atuar em pleno Maracanã ( só um idiota para pagar para assistir esse jogo), contra o Corinthians. O time dependendo de renda e pontos, e não terá o seu principal jogador.

A “sorte” dessa rodada foi a derrota de todos que concorrem diretamente ao rebaixamento, e com esses resultados, permanecemos fora do Z4. Mas isso poderá ser temporário, porque nas próximas partidas, a chance de ficar entre os últimos é grande. Pode parecer pessimismo,mas é pura realidade. Quem em sã consciência vai acreditar que o Flamengo com esse time, ganhe do Inter e do Corinthians?

julho 6th, 2015 by Iônio Freire | Sem Comentários »

Argentina da Gama

Vice da Copa do Mundo em 2014, Vice da Copa América 2015, 22 anos sem título…

As imagens explicam tudo!

image

image

image

julho 4th, 2015 by Carlos Alberto | Sem Comentários »

Sheik resolve e apoia o técnico

No fim do jogo, Sheik deu uma entrevista, apoiando o treinador Cristóvão, que estava desprestigiado pelo grupo. Parece que a lavagem de roupa suja, após o jogo contra o Vasco, serviu como um divisor de águas no time. Podemos perceber isso, após o gol do Sheik, onde todos correram em direção ao banco, para se abraçarem. Era justamente o que o time precisava: Um líder! Agora tem que tirar a tarja de capitão do Wallace e dar para o Sheik.

O jogo foi corrido, mas ainda esbarramos na falta de técnica de alguns jogadores, principalmente o Cirino, que perde gols por isso. A saída dos dois laterais, e as mudanças no meio, deram um novo ar no time, que conseguiu articular algumas jogadas, como a do gol.Com a chegada do Guerrero, vamos ter um ataque mais técnico, e não teremos tantos gols desperdiçados.

julho 2nd, 2015 by Iônio Freire | Sem Comentários »

Página 10 de 432« Primeira...89101112...2030405060...Última »