Nem comemoro ao ganhar do Vasco 

Quando comecei a frequentar os estádios lá na década de 90 o Fluminense era um freguês absurdo do Vasco era meio que ir para o jogo e saber que iremos perder. Pouco importando se o nosso time era bom ou não. Eram tempos sombrios e de muita irritação para nossa torcida. Logo na sequência vieram os nossos trágicos rebaixamentos. E eles estavam nas cabeças ganhando o Campeonato  Brasileiro, Taça Libertadores e disputando o Mundial. 

Não tenho a mínima saudade dessa época. Só que hoje o jogo virou, né? Aquele Vasco da Gama que teve lampejos de grandeza ali pelo final da década de 90 e início da década de 2000, hoje virou um Bangu com perfume. Não assusta mais nenhum adversário, coleciona rebaixamentos e virou piada entre todos as outras torcidas. 

Nesse último jogo o Fluminense engoliu o Miúdo da Planície. Ficou barato o jogo ter terminado 3 x 0, cabiam no barato mais uns dois ou três gols. Nem consigo mais chamar o Vasco de adversário, tamanha a disparidade entre os dois clubes. Enfim… 

Wellington Silva e Lucas jogaram muita bola. Ao ponto do jogadores do Vasco perderem a cabeça. Um perdeu a cabeça de uma botinada no Wellington Silva e foi expulso, o outro tomou um lençol vergonhoso e viu seu time tomar mais um gol. 

Tá certo que o Vasco até ameaçou em alguns momentos do jogo, Mas foi muito pouco para um time que insiste em achar que é grande. E 80% do jogo ou mais o Fluminense dominou soberanamente. Não tem o que discutir.

Agora o Fluminense aguarda o Flamengo para disputar a final e o Vasco já está de férias. Sempre importante lembrar que Vasco e Botafogo são os times queridinhos da FERJ. Dessa vez não deu. 

Que venha o Fla x Flu! 

Textos Recentes

Faça seu comentário