Copa Libertadores da America 2014 – Flamengo 2 x 2 Bolívar – Tristeza não tem fim, felicidade sim…

Nação rubro-negra, como sofremos né? Sempre que estão lá, juntos, faca e queijo, o todo poderoso Mengão,o maior time do mundo, insiste em dar aquela escorregada. O que seria isto? Um lapso de humildade para se evitar que ganhemos sempre ou um capricho dos Deuses do futebol para nos lembrar que nem sempre o maior e mais forte sai vitorioso?

Sei lá, acho que é um pouco de cada coisa. Um pouco de burrice também, é verdade. O Flamengo começou o jogo muito nervoso, Gabriel e Everton, numa afobação só, erravam sempre o último passe, ou insistiam em carregar demais a bola. Elano e o Broca também estiveram muito mal, Elano errou tudo que tentou e o Broca não foi aquele matador, mas acho que com menos responsabilidade, porque o Bolívar dava espaço até a intermediária e congestionava a área.

A minha impressão é de que nos fez muita falta nesse jogo o Elias que era justamente o cara que sabia jogar na intermediária, para dar um bom chute de fora, uma enfiada. O Cáceres tem jogado bem, mas não é esse cara, é o cão de guarda para jogar na frente da defesa, impondo respeito e dando umas botinadas quando necessário e o Muralha, bem, o Muralha é um jogador mediano, espero que na segunda-fase da Libertadores (Sim, nós vamos passar…) o titular na vaga de segundo homem de meio-campo seja o Márcio Araújo que me surpreendeu positivamente na partida contra o Botafogo.

O Flamengo perdeu para si mesmo. Tecnicamente falando, nem perdemos, mas o gostinho foi aquele de ressaca brabeira, aquele que voce acorda com o gosto de cinzeiro na boca? O gosto foi de derrota amarga.

Eu queria fugir do lugar comum, mas não te como não falar, primeiro na falha grotesca da mistura de Camões com Bin Laden, que enverga o manto com excelentes atuações e tem crédito de sobre já há algum tempo, mas que vacilou MUITO, nessa partida: Wallace. Se jogar de forma bisonha, dentro da área, esperando uma marcação de falta inexistente na Libertadores é juvenil né? Os caras não marcam nada abaixo do joelho meu nobre zagueiro, você nao está jogando o baianão mais, por favor…

E o João Paulo, na boa, o que é o João Paulo? Eu já tinha criticado ele aqui, mas nesse jogo ele mostrou que não serve para jogar futebol. Ele não é um mau jogador, ele não é jogador. Pode botar na conta dele o empate, falhou feio no segundo gol do Bolívar e ainda desperdiçou cobranças de faltas na meia-lua (Culpa do Sr. Jayme também que deixou essa p.. bater falta).

Destaque positivo para Everton, que apesar de eu não gostar de seu futebol, marcou os dois gols para o Flamengo e impediu vexame maior.

A Fla-Twitter dividiu-se em opiniões sobre as vaias ao time, começaram a vaiar o jogador no início do primeiro tempo, alguns acham isso errado, outros acham isso certo. Eu não crítico nem apoio, acho que as duas correntes estão certas. Vaiar o cara no início do jogo atrapalha demais o time, o cara já é ruim, nervoso, sendo vaiado cada vez que pega na bola, não vai melhorar. Por outro lado, voce paga R$100,00 para chegar lá e um perna-de-pau que não joga nem no seu time de pelada errar cinco passes em menos de 5 minutos e passes de dois metros é de estressar até o Papa Francisco.

Com todos os fatores descritos, acabamos amargando um empate horroroso em casa, mas eu confio na classificação. Simplesmente porque o grupo do Flamengo é a definição de “Baba do boi cansado” e apesar da altitude, acho que vamos buscar a vaga. Que São Judas Tadeu nos ajude!

Hoje jogaremos em Volta Redonda pelo carioquinha, com terceiro time, líderes isolados e com transmissão na Globo provavelmente, vem aí um público de dar orgulho ao Botafogo!!!!!!

#SRN

março 16th, 2014 by Diego Fernandes | Sem Comentários »

Taça Libertadores da América 2014- Leon 2 x 1 Flamengo- Começamos igual a todas as outras 12 participações, perdendo!

Após a derrota, para um time da SEGUNDA DIVISÃO, no domingo, houve uma comoção entre os torcedores REBAIXADOS, no Rio. Todos, com a inveja e o recalque de sempre, quiseram tirar uma casquinha, da MAIOR NAÇÃO HEXA DO MUNDO. Mas, na verdade, esse campeonatozinho Estadual, o qual somos os MAIORES VENCEDORES, esse ano, não tem a menor importância para nós. O que importa realmente é a Libertadores (Temos uma e vcs?), que já começamos com o pé esquerdo.

Ontem, mostramos força, garra, mas também um pouco de fragilidade em todos os setores, fora a IMBECILIDADE (rotina) do Amaral, que quis mostrar as suas garras e foi expulso, aos 12 minutos do 1° tempo, pode isso? O Argentino Mungi, não é lá essas coisas, mais em comparação ao Carlos Eduardo, é o Pelé!

Temos três jogos em casa, e precisamos vencer de qualquer maneira, já que contra o Bolívar, vamos jogar na altitude, e aí já viu, é derrota certa. Mas no geral, gostei do time, se recuperou mesmo com menos um, e poderia ter saído com um resultado melhor.

fevereiro 13th, 2014 by Iônio Freire | Sem Comentários »

E começa a temporada de especulações no mengão!

E começou a temporada que os jornais não tem nada para dizer sobre o meio esportivo dos times que dormem em berço esplendido na elite do futebol até que se inicie a próxima temporada e começam a especular sobre possíveis reforços, nem sempre tudo é mentira, e na maioria das vezes nada é verdade, mas vamos lá, o que o Lancenet especula, segue reprodução de parte da matéria:

LATERAL DIREITA

Léo Moura: Negociação para renovar com o jogador está avançada e o novo contrato deve ser assinado nos próximos dias.

Léo: Lateral do Vitória e que estava emprestado ao Atlético-PR estava sendo observado. O Furacão, porém, irá exercer prioridade de compra de 50% dos direitos econômicos do jogador. Fla buscava parceiro para adquirir a totalidade dos direitos.

Fagner: Lateral do Vasco será avaliado pela diretoria como opção a Léo.

VOLANTE

Elias: Clube espera concluir compra de 50% dos direitos econômicos do jogador até a próxima semana. Novo contrato será por quatro anos.

Feijão: Jogador do Bahia será envolvido em uma troca por Gabriel e Rafinha. Inicialmente, o volante ficará emprestado até o fim de 2014 com parte dos direitos econômicos fixados para compra. Os baianos têm 50%.

MEIAS

Giuliano: Encabeça a lista para vestir a 10, mas a negociação gira em torno de R$ 38 milhões e meia tem alto salário. Clube tentaria parceiro para comprar 50% dos direitos. É uma transação fora da realidade do Flamengo.

Diego: Segunda opção na relação, meia também tem alto salário (R$ 1 milhão mensais). Clube ainda teria de desembolsar cerca de cinco milhões de euros (R$ 15,9 milhões) ao Wolfsburg para tê-lo a partir de janeiro.

Jadson: Meia não deverá ser utilizado pelo São Paulo, mas clube só aceitaria venda cotada em torno de seis milhões de euros (R$ 19,1 milhões). Fato que inviabiliza operação.

ATACANTES

Sheik: Clube negocia contrato de dois anos com o atacante do Corinthians. Vice de relações externas está à frente das conversas. Jogador precisa reduzir salário.

Lins: Clube fez sondagem por atacante do Criciúma, mas não houve evolução. Jogador deverá ir para a Coreia do Sul.

Cícero: Flamengo fez proposta pelo atacante do Santos, mas destino dele deverá ser a China.
___________________________________________________________________________________________________________________________________________

Dos nomes especulados, os três meias me agradam muito, mas a negociação do Giuliano é muito inviável, um jogador muito jovem, muito talentoso e com muito tempo pela frente. Diego é um craque e Jadson é um bom camisa 10. Todos os nomes são bons.

Para a lateral direita parece que o Léo Moura já está fechado, Fagner não é um bom nome, além de histórico vascaíno, não joga essa bola toda e esse lateral do Atlético PR é muito bem falado, mas nunca assisti.

Os atacantes são nomes fracos. O Sheik eu espero que morra. O Cícero é um bom jogador, polivalente, eficaz. E esse Lins não é bobo, mas só dá pra compor elenco, ninguém é Lins.

dezembro 15th, 2013 by Diego Fernandes | Sem Comentários »

Série: Mengão na Libertadores 2014! O grupo do Fla e a análise do Bolívar!

Zico levanta a copa libertadores da América em 1981!

Zico levanta a copa libertadores da América em 1981!

Rubro-negros da maior nação futebolística do planeta, saiu o sorteio dos grupos da libertadores 2014, que é o que nos preocupa neste momento, ou seja, não estamos preocupados com segunda divisão, tapetão, etc… Porque time grande não cai! Pequenos caem sempre, sobem de novo, depois voltam a cair, é a sina deles, nós não sabemos o que é isso, trilhamos os caminhos dos títulos internacionais, dos grande jogos, das grande conquistas, nunca teremos escrito em nossos muros “Campeão brasileiro da série C”, por exemplo, não combina conosco, não é verdade?

Falando de Libertadores da América, em 2014 começaremos um caminho que já se mostra delicado de início. No grupo 7 da competição, o maior time do mundo terá em sua companhia o Bolívar (Bolívia), o Emelec (Peru) e o León (México). Tudo bem, não temos nenhum time argentino, nenhum papão da libertadores, nada muito tradicional, mas temos boas referências dos adversários, ambientes hostis e remake de eliminação bem recente.

Grupo do Fla na Libertadores

Bolívar

Contra o Bolívar o Flamengo encara a altitude de 3600 metros em La Paz, na Bolívia. A altitude sempre foi temor dos brasileiros, dessa vez não será diferente. Acho que a mais recente lembrança que temos desse time é atuação lendária de Neymar na Vila Belmiro, em que o Santos no ano de 2012 aplicou épicos 8 x 0 com uma atuação assombrosa do astro brasileiro, com direito a lambreta e uma curiosa comemoração dirigida ao então técnico do Bolívar – que em resposta aos jornalistas sobre sua preocupação com o craque brasileiro afirmou “desconhece-lo” – o craque santista marcou dois gols e em comemoração se apresentou ao técnico: “Muito prazer.”

Neymar 8 x 0 Bolívar

O site www.ogol.com.br apresenta as estatísticas do Bolívar, que se classificou para a competição sendo campeão boliviano do torneio clausura, temporada 2012/2013.

A equipe atuou 114 vezes na temporada (2012-2013), tendo aproveitamento em casa de 50,9% dos pontos, média baixa em minha opinião, e média de gols por jogo de 2,94. Seu estádio, em La Paz, tem capacidade para 45.000 pessoas e a média de idade do time é de 26,4 anos.

Destaque do time é o atacante uruguaio Willian Ferreira, que já marcou 57 gols pelo clube em 74 jogos, com boa média de 0,77 gol por jogo, mas se considerado que na Copa Libertadores o jogador marcou apenas 5 gols em 14 jogos, tendo média de 0,35 por jogo, concluímos que parte expressiva da média foi construída no fraco campeonato boliviano.

Fora a altitude, ambiente em La Paz é hostil à visitantes, na partida de ida entre Santos x Bolívar em 2012, os torcedores do Bolívar arremessaram objetos no gramado sobre o time brasileiro, Neymar recebeu “laranjadas”, o time paulista saiu derrotado por 2 x 1. Em 2013, na pré-libertadores o São Paulo abriu 3 x 0 sobre o Bolívar no primeiro tempo do jogo de volta – jogo de ida havia vencido por 5 x 0 – e levou a virada no segundo-tempo sofrendo derrota por 4 x 3.

Preparo físico e vitória no Rio de Janeiro sobre o time boliviano, que não é um grande time, são indispensáveis para o Fla seguir vivo na Libertadores 2014.

Na próxima semana o Blogols fala do Emelec, nosso velho conhecido!

#SRN Abraços!

dezembro 15th, 2013 by Diego Fernandes | Sem Comentários »

O Flamengo só existe por causa do Fluminense, tricolores, respeitem essa história, por favor…

Fluminense

Eu não estou aqui para agradar ninguém, muito menos para fazer média. Quando fui convidado a escrever nesse blog, imparcial, pois não é tem patrocinador vinculado a jogadores, clubes ou qualquer aspiração à mídias profissionais, me deixaram bem à vontade para escrever o meu ponto de vista das coisas. Já critiquei muito aqui todos os clubes, já critiquei os meus clubes, os meus colegas de blog, e até os meus própios textos que em certas ocasiões deixaram à desejar, e muito.

Mas eu estou muito incomodado com a polêmica em torno do rebaixamento do Fluminense, ou melhor, do não rebaixamento do Fluminense, pois é um jogo de cartas marcadas, todo mundo já sabe como vai acabar. Fora as rusgas e a traquinagem do dia a dia de zoações puramente baseadas na nossa rivalidade, eu respeito a história do Fluminense. Mas eu acho que os seus próprios torcedores nãos e respeitam, não respeitam o legado do clube.

Achar normal a intenção torpe de se rebaixar a Portuguesa, diante de uma história obscura, contabilizando mais uma, sim mais uma, pois trata-se claramente de uma virada de mesa, é desrespeitar a história centenária desse time que faz parte da história do time que tanto amo, na verdade, sem ele não existiríamos.

Acredito, do fundo do meu coração, que o correto é o Fluminense jogar a série B. Não vai acontecer. Não vai acontecer porque o Brasil é o pais do jeitinho, onde para tudo tem jeito, onde os mais poderosos sempre prevalecem sobre os mais fracos. Vão falar alto, gritar, dizer que é o regulamento, que o Flamengo é o time mais sujo do Brasil querendo falar de moralidade…

Em conversa com meu grande e estimado amigo tricolor PC Júnior, que é um cara que tenho profunda admiração, defendendo minha opinião, que por acaso é livre, recebi uma chuva de impropérios proferidos por pessoas que se dizem “com intelecto”. Sinceramente, acho que hoje sou muito mais respeitoso com a história do Fluminense do que qualquer um dos tricolores que defendem essa manobra que empobrece o futebol brasileiro com um todo…

Tricolores, defendam a história de seu clube e defendam que seu clube ganhe no campo, o direito de retornar à primeira divisão, isso porque “o caso Herivélton” não influencia no rebaixamento do Fluminense, estamos falando de um reserva que inexiste para o futebol, além do que não foi comprovada a ciência da Portuguesa no caso. Vocês acham que não merecem cair? Algum tricolor acha que seu time não mereceu dentro do campo cair?

Se fosse o meu time, eu defenderia aqui que jogasse a segundona, porque eu tenho a famosa vergonha alheia do que está sendo feito no futebol brasileiro, fica a sensação de impunidade, de que sempre os grandes vão ficar por aí tripudiando dos pequenos.

Peter Siemsem se mostrou preocupado com fato de que se criarão animosidades contra o Fluminense por mais uma virada de mesa. E o que você espera presidente?

Respeitem a história de um time vencedor e abracem com dignidade a série B, subam no campo, como Grêmio, Atlético MG, Palmeiras, Corinthians, Botafogo, Vasco e outros grandes que caíram, mas fizeram o favor de voltar à elite do futebol nacional dentro do campo, onde é o lugar deles…

dezembro 14th, 2013 by Diego Fernandes | 2 Comentários »

O ano mais feliz para A MAIOR NAÇÃO HEXA DO MUNDO!

A vida é uma caixinha de surpresas. A vida é uma roda gigante. Ninguém sabe o dia de amanhã. Todos esses bordões servem para expressar o que é o futebol. No início do ano, o Flamengo era esculachado pelos REBAIXADOS, devido a uma política de austeridade que foi implantada no clube, para sanar as dívidas existentes. Essa política, fez com que o investimento em futebol, fosse pequeno, levando o clube a fazer contratações medíocres.

Com um time bem abaixo dos padrões Rubro Negro, tomamos pancada no Estadual, começamos o Brasileirão na zona de rebaixamento, e estreamos na Copa do Brasil, sem muitas esperanças. Mas como tudo na vida é passageiro, começamos a mostrar a força do MANTO SAGRADO, e com a volta do Maracanã (Nossa casa por direito!), a torcida (esse ano podemos dizer que a torcida foi o 12° jogador, com certeza!) levou o time nos braços, e conseguimos reverter o cenário de horror que estávamos vivendo. Saímos da zona do rebaixamento, conquistamos a Copa do Brasil, e de quebra estamos com a vaga garantida na Libertadores, tudo isso no mesmo ano.

E para melhorar ainda mais o final do ano, tivemos o prazer de assistir ao DUPLO REBAIXAMENTO, dos nossos maiores rivais! E ainda tem torcedor REBAIXADO, que vem discutir futebol com flamenguista, pode uma coisa dessas? Até 2015!

dezembro 9th, 2013 by Iônio Freire | 1 Comentário »

Copa do Brasil 2013- Flamengo 2 x 0 Atlético Paranaense- O Flamengo manda no futebol do Rio

Somos o único time do Rio que nunca foi REBAIXADO. Temos todos os títulos nacionais e internacionais que existem. Somos o carro chefe em renda e público. Com esse título, de 2000 pra cá, temos mais títulos do que os três REBAIXADOS juntos. Temos A MAIOR NAÇÃO HEXA DO MUNDO! Será que ainda tem algum REBAIXADO que queira discutir sobre futebol comigo?

Em 2009, falei (não canso de repetir) que a Patrícia Amorim (NEFASTA) seria uma merda de presidente. Em menos de um ano, essa diretoria, apoiada pelo ZICO, conseguiu resgatar a credibilidade do clube, pagando salários em dia, quitando dívidas, e não fazendo contratações espalhafatosas, que não poderiam ser pagas no fim. Com um time humilde, sem jogadores consagrados (agora eles são), conseguiram mais um título para o Flamengo, e de quebra, uma vaga na Libertadores. Mas, o principal, no meu entender foi a lisura com que tudo isso foi feito, sem roubo ou maracutaias, que marcaram a gestão passada.

Agora, ano que vem, temos que ousar um pouco mais, não só valorizando os jogadores que estão lá (menos o Carlos Eduardo), como investindo em bons jogadores, para disputar a Libertadores. PARABÉNS A TODOS!

novembro 28th, 2013 by Iônio Freire | Sem Comentários »

Campeonato Brasileiro 2013- Flamengo 1 x 0 Corinthians- Quarta feira é tudo ou nada!

O Campeonato Brasileiro nesse momento só está servindo para treinar, porque todas as atenções estão voltadas para a final da Copa do Brasil. Ontem, fizemos um bom treino. Mesmo desfalcado, o time se portou bem em campo vencendo o Corinthians, se livrando definitivamente do perigo de rebaixamento. Com um gol atípico (O Paulinho só acertou esse chute durante o ano inteiro), o Flamengo está pronto para quarta feira.

O Flamengo está com a faca e o queijo na mão, mas isso não significa que irá cortá-lo, porque caso de mole poderá perder esse título em casa, o que seria um desastre. Temos que jogar como vem jogando na Copa do Brasil, porque no brasileiro foi uma desgraça. O time na Copa do Brasil é outro (no sentido figurado), joga diferente, e tem mais sorte.

novembro 25th, 2013 by Iônio Freire | Sem Comentários »

Copa do Brasil 2013- Atlético PR 1 x 1 Flamengo- Ótimo resultado!

Dentro das nossas limitações, fizemos uma grande partida, e como sempre com menos um jogador, porque o Carlos Eduardo e nada é a mesma coisa. Eu esperava que o Flamengo fosse acuado pelo Atlético PR, mas o que aconteceu foi o contrário. O Flamengo partiu para cima desde o início, não dando espaços para o Furacão. Até que deu o famoso branco, e todos ficaram olhando o Marcelo avançar e chutar em gol sem ser incomodado por ninguém, tomamos o gol quando estávamos melhores na partida.

Mesmo assim, não recuamos nem nos abalamos, e continuamos procurando o empate, que veio logo em seguida, num chute maravilhoso do Amaral. No segundo tempo, só deu Flamengo, e poderíamos ter saído com a vitória de Curitiba, se não fosse a má pontaria da equipe, que desperdiçou várias chances de gol.

Mas o empate foi um bom resultado, porque nos obriga a continuar jogando pela vitória, deixando a soberba de lado, o que poderia nos atrapalhar nesse momento. Por ser uma pessoa simples (se fosse um técnico conhecido, já estaria dando entrevista como campeão), Jayme não vai deixar o oba contagiar os jogadores, para a segunda e decisiva partida no Maracanã.

Se eu fosse o Jayme, passaria o jogo contra o Santo André na concentração, para eles sentirem o drama que é perder um título em casa.

novembro 21st, 2013 by Iônio Freire | Sem Comentários »

Copa do Brasil 2013 – Flamengo 2 x 1 Goiás- Uma final inesperada!

Nem o mais otimista, esperava ir para final da Copa do Brasil, com esse time? No início do ano, ninguém! Pois bem, o futebol é o esporte mais democrático por isso. Dois times em que ninguém acreditava, estão na final da Copa do Brasil. Os dois eliminaram times que estão no topo da tabela, inclusive o primeiro colocado Cruzeiro. O Flamengo bateu Cruzeiro e Botafogo, com autoridade, jogando um bom futebol, que por incrível que pareça não foi o mesmo no Campeonato Brasileiro.

Agora, jogaremos contra um tabu, que é a dificuldade de jogar contra o Atlético PR em Curitiba. Com gols de Zico e Paulinho, o Flamengo venceu o Atlético-PR por 2 a 1 pela última vez como visitante em Campeonatos Brasileiros. São 39 anos de escrita. Desde a vitória em 1974, o Flamengo jogou contra o Atlético-PR 17 vezes no Sul: perdeu 12 e empatou cinco. As derrotas mais traumáticas aconteceram em 2001 (4 a 0), 2003 (4 a 1) e 2008 (5 a 3). No total, os cariocas fizeram apenas 11 gols e sofreram 34.

Com essa desvantagem é que o Flamengo se supera nas decisões. Se fosse ao contrário, aí sim eu estaria preocupado.

novembro 7th, 2013 by Iônio Freire | Sem Comentários »

Página 1 de 41412345...1020304050...Última »